Follow by Email

domingo, 17 de março de 2013

Recomeçar é o Adeus


De repente você vai pensar em todos os planos, nas escolhas e no tempo.
Fotos, recortes de revistas, rabiscos, viagens que foram e umas que nunca serão. Perceberá mais uma vez que não há mais tempo...
Neste momento você está sentado, e isso é tão lindo.
Mas... Basta um momento para que você não esteja mais aqui, num simples passo desta vida...
E todas as virtudes e defeitos se vão como água pelas mãos – frágil vida. Como aquele perdão que você nunca deu.
Confundindo partes pelo todo, sofrendo achando ter toda a dor do mundo. E um dia quando realmente perder e souber o que é realmente a dor... Pediria a Deus tudo de volta em dobro, no triplo e não teria mais “problema”.
É, vidas passam sem ninguém notar: Será que você se importa com o que está lendo ou com simples livros de filosofia? Escrevo rabiscos como você conhece bem, histórias caladas.

É, portas fecham em todo lugar, Medo escurecendo os olhares.
Sua sombra se chama Solidão... Sei que apesar de tudo, ela nunca quis viver assim.
Quem escolheu isso pra ela? Algum perdão perdido numa vida passada? Você grita na esperança que alguém ouça tua voz e não se cale não. Aumente o som e não vai adiantar...
Compre, um som potente e coloque a música mais agressiva ou a mais relaxante e você estará tão furioso que entrará pelas roupas e frestas dos poros.
Esta é a luz que irradia tua alma, que te trouxe paz e todas as crenças em vida que te fazem seguir. Esqueceu?
Onde não havia Luz um dia...
Por todas as pessoas que hoje não estão mais aqui.
Pois foi buscando acertar que às vezes você errou.
Mas quem pode acusar sem tentar compreender?
"Pedra": atira, atira!!!
"Lulu... concordo que já não tinha dedos para contar de quantos barrancos despenquei... E de quantas quantas pedras me atiraram e de quantas atirei..." Mas Lulu... Aquele amor não me curou de uma loucura qualquer. E isso foi um defeito então só meu??? ... Deixa estar.

Minha plantinha morreu da sede que eu causei que um dia irá me afogar. Será? Vozes no portão... Passos no corredor.. Poderia ser...
Tudo acabou, interrompeu-se tudo que existiu.
Tristes tatuagens mudas... Escolhas ás vésperas da sede.
Copo vazio, tosse, tosse... Acordei... suor. Silêncio.

Sem pressa, sei que você pode alcançar, digam o que quiserem só uma coisa importa: Verdadeiro é teu amor. O sentimento é real!
Quando eu entrego tudo aquilo que há em mim (pois só sou assim)
Pode até não parecer... Se o mal que há em mim faz doer um coração (escutando Rosa de Saron - creia)
Perdoe, é só “minha triste imperfeição”.
Há sempre uma escolha, Há sempre um caminho quando tudo parecer caótico. Deus nunca vai te abandonar.
“Noite escura agora é manhã”.

Não cale sua voz!
Minha voz.
Nossa voz.

Fica com Deus e se cuida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário