Follow by Email

sábado, 30 de junho de 2012

Finaliza.dor

A decepção começa onde domina a dor física. A gente se rende, entrega a vida, o corpo e a alma. A gente perde o ar, perde a visão e se deixa levar... Esperando a morte vir simplesmente. Não adianta lutar. Não adianta escolher vencer, quando há o mais forte fisicamente. Inclusive, num mundo de carne e osso, a utopia da mulher forte não se aplica. Não no cotidiano, nem no dia a dia inquietante, dentro desse calabouço de manipulações, inverdades, falsos risos e um "eu te amo" maluco. O amor é uma escolha e a decepção é consequência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário