Follow by Email

sábado, 30 de junho de 2012

ó-brigada-dor.


Delírios, insônia, dor, arrebatamento, riso, choro, exaustão, paz, vida humana.

 Ultimamente, venho escrevendo, pintando e desenhando compulsivamente. Cheia de ideias, cheia de “obsessões” e espanto.
A terapia está servindo para demonstrar que estou enganando a mim mesma. Guiada apenas por sentimentos sacanas e não pela razão.
Entre desentendimento e reconciliação, percebi que estava me afogando em lágrimas, alucinações, criações, logo - solidão. Por que então culpar o outro? Por que achar que nunca é suficiente? Por que sempre apertar o botão de auto – sabotagem?  Por que tentar restaurar a fé de um amor já extinto?
..... ( olha aí idiota – auto sabotagem, again). 
Não sou uma pessoa ruim e jamais serei ( eu acho), mas meus hábitos são; apenas esperava que o amor que gerei dentro do meu corpo, ajudasse a superar certos defeitos. Mas não foi assim que aconteceu, o que me fez sofrer bastante.
Passei a ultima semana em uma tempestade interior apavorante! Algo mudou ente nós. É por isso que estou chorando justamente agora enquanto digito pensamentos camuflados, sabendo que no fundo matei a fé que ele tinha em mim, enquanto matei o amor  feminino mais sublime e delicado. Não sei.
A brutalidade de sua partida foi um choque, a nossa brutalidade em forma física foi um baque! Somos fortes demais (mesmo de um modo indireto e covarde) para aguentar o que somos e para suportarmos um ao outro.
Sinto que desde o choque tentamos nos afastar e estamos conseguindo. Nós dois nos afastamos da dor – mas ainda existe um laço de união eterna que cada dia cresce mais.
Ele desistiu e foi embora como homem.
Eu fiquei como mulher e desisti.
Agora tudo se tornou irreversível e por isso encontro nossas vidas amaldiçoadas pela eterna solidão do “e se?”.
...........
*Perdoe-me pelo fracasso em realizar o nosso sonho. Está é a verdade e as mentiras o teriam machucado ainda mais.
                       
auto-sabotagem+vontade de deletar tudo+pena de deletar texto+mentiras+o amor não acabou+nunca acaba+ Fernanda Young Filha da puta!+FIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário